Quanto custa comer nos 10 melhores restaurantes do mundo

Quanto custa comer nos 10 melhores restaurantes do mundo

Se você é amante da gastronomia e gostaria de saber quais são os melhores restaurantes do mundo, veja quanto gastaria para conseguir essa proeza!

 Osteria Francescana – Módena (Itália)

Paolo Terzi

O restaurante italiano comandado pelo chef Massimo Bottura tem como proposta a fusão entre a cozinha clássica do país e técnicas contemporâneas. O menu-degustação ‘Tutto’ é composto por 12 pratos pelo valor de 270 euros (R$ 1.174), sem a inclusão de bebidas. Para a opção harmonizada, há acréscimo de 180 euros (R$ 783). Outra sugestão de menu degustação é o ‘Festina Lente’, com 10 etapas no valor de 250 euros (R$ 1.087) e harmonização à parte por 140 euros (R$ 609). O restaurante também trabalha com cardápio à la carte, com opções que variam de 70 euros (R$ 304) a 90 euros (R$ 391).

El Celler De Can Roca – Girona (Espanha)

El Celler De Can Roca

Os irmãos Roca apresentam dois tipos de menu-degustação. O clássico, por 180 euros (R$ 783) e seis etapas, com acréscimo de 70 euros (R$ 304) na escolha de harmonização. O ‘Festival’ é composto por 14 pratos e custa 205 euros (R$ 891), com o acréscimo de 100 euros (R$ 435) para harmonização. Técnica e criatividade não faltam nas preparações dos espanhóis.

Mirazur – Menton (França)

Mirazur

Localizado na França e sob o comando do chef argentino Mauro Colagreco, o restaurante leva ao prato criações com ingredientes que remetem ao mar e às montanhas. O ‘menu assinatura’, mais longo, custa 210 euros (R$ 913) sem a inclusão de bebidas. Outra opção é o menu-degustação com 10 pratos pelo valor de 160 (R$ 696). Por último, o menu com seis etapas custa 110 euros (R$ 478).

Eleven Madison Park – Nova York (EUA)

Jake Chessum

No coração de Nova York e com vista para o Madison Square Park, o restaurante foi construído dentro de um edifício histórico, com arquitetura no estilo Art Déco e tem Daniel Humm como chef. É possível provar o menu-degustação do salão principal pelo valor de US$ 315 (R$ 1.228) sem a inclusão de bebidas. Há duas opções de harmonização de vinhos: US$ 175 (R$ 682) e US$ 315 (reserva, R$ 1.228). O menu-degustação servido no bar custa US$ 175 (R$ 682), também com duas opções de harmonização de vinhos: US$ 95 (R$ 370) e US$ 175 (reserva, R$ 682).

Gaggan – Bangcoc (Tailândia)

REUTERS/Athit Perawongmetha

Explorando a diversidade de ingredientes da Índia e com inspirações nos sabores da infância, o chef Gaggan Anand  prepara o menu ‘The Gaggan Experience’ no valor de 6,500 Bath Tailândia (R$ 741). Há também a opção de menu vegetariano pelo mesmo valor.

Central – Lima (Peru)

REUTERS/Mariana Bazo

Uma ode ao terroir peruano, o restaurante trabalha com quatro tipos de experiências: ‘Mater Alturas’, 17 pratos por 555 mil soles (R$ 632) sem adição de bebidas; a harmonização alcoólica chamada de ‘experiência terroir’ custa 270 mil soles (R$ 307) e a harmonização não alcoólica, com extratos, sucos e infusões custa 178 mil soles (R$ 202); Ecossistemas Mater, com 11 pratos pelo valor de 526 mil soles (R$ 599), harmonização alcoólica por 185 mil soles (R$ 210) e a não alcoólica por 142 mil soles (R$ 161); Alturas Vegetal, por 555 mil soles (R$ 632); e ainda Ecossistemas Vegetal, 526 mil soles (R$ 599).O chef da casa é o estrelado Virgílio Martinez.

Maido – Lima (Peru)

Tiago Queiroz/Estadão

O restaurante pratica o que chama de cozinha nikkei, com elementos de fusão entre a ancestralidade dos ingredientes do Japão e a tradição do Peru. O chef Mitsuharu ‘Micha’ Tsumura é o responsável pela casa. É preciso desembolsar 450 nuevos soles pelo menu-degustação sem harmonização (R$ 513). A opção harmonizada custa 775 nuevos soles (R$ 884).

Arpège – Paris (França)

Alex Cretey-Systermans/The New York Times

É possível provar o menu-degustação no restaurante do chef Alain Passard a partir de 320 euros (R$ 1.392), com bebidas não inclusas. A casa também trabalha no modelo à la carte, com pratos a partir de 84 euros (R$ 365). No local, é possível provar os sabores consagrados do terroir francês.

Mugaritz – San Sebastián (Espanha)

Mugaritz

Por 220 euros (R$ 957), sem a inclusão de bebidas, é possível provar um menu-degustação com 24 etapas preparadas sob o comando do estrelado chef Andoni Luis Aduriz. Os produtos sazonais da Espanha são o destaque.

Asador Etxebarri – Axpe (Espanha)

Asador Etxebarri

Terra, mar e fogo são as bases da cozinha autoral proposta pelo chef Victor Arguinzoni. Com ingredientes frescos e da estação, o preço médio do menu é 176 euros (R$ 765) sem a inclusão de bebidas.

Veja também:

Os 10 hostels mais legais do mundo

10 restaurantes com vistas inacreditáveis