O que eu preciso saber sobre o uso do fone de ouvido

O que eu preciso saber sobre o uso do fone de ouvido

O fone de ouvido já é um objeto infiltrado no dia dia de quase todas as pessoas que utilizam o aparelho celular, computador e a internet em geral, e existem algumas informações que você precisa saber sobre ele!

O que eu preciso saber sobre o uso do fone de ouvido

Ele é um objeto pessoal

Pesquisadores alertam para os problemas no compartilhamento de fones. Uma pesquisa realizada com fones de ouvido constatou a contaminação por aproximadamente 10 mil fungos e bactérias, que podem causar de coceiras e micoses até infecções mais graves.

O controle do volume é o principal

A Organização Mundial de Saúde, afirma que a utilização de fones com volume elevado por mais de 90 minutos/ dia aumenta o risco de desenvolver zumbido ou perda auditiva dentro dos próximos cinco anos. Se os fones estiverem na potência máxima, os riscos aumentam em 70%. O ideal é conseguir ouvir a música e os sons externos também. Se a música impede de ouvir os sons externos significa que está alta demais.

Quais são os mais indicados?

Prefira fones de ouvido que ficam externos à orelha. Os modelos intra-auriculares, menores e muito comuns hoje em dia, são mais prejudiciais. Quanto mais longe do conduto auditivo está a fonte de som, melhor. Até mesmo as “voltinhas” que nossas orelhas possuem são uma “solução” anatômica do nosso corpo que tem a finalidade de manter o som mais longe.

Dê descanso ao seu ouvidinho

Para cada hora de som ouvido no fone, faça dez minutos de pausa e não espere “perceber” a diminuição de sua capacidade auditiva para procurar ajuda. Dar um descanso aos seus ouvidos é fundamental. Na maioria dos casos, a perda auditiva é tão gradual que, quando o paciente percebe a diminuição da própria capacidade auditiva, muitas vezes já tem uma perda leve a moderada instalada.

É importante ficar atento a sinais como zumbido ou sensação de ouvido tampado. Neste caso, procure um especialista e realize uma audiometria.

Veja também:

5 coisas que você não deveria fazer antes do sexo

As principais dores ligadas ao seu estado emocional