Foliculite, 5 dicas para tratar e prevenir as bolinhas no bumbum

Foliculite, 4 dicas para tratar e prevenir as bolinhas no bumbum

Se você tem aquelas “bolinhas no bumbum” e quer saber como poderia tratá-las, ou evitá-las, veja estas 4 dicas para tratar a foliculite!

Qual a causa?

Essas “bolinhas no bumbum” podem ser normalmente duas coisas: uma acne, ou seja, uma glândula sebácea que acabou infamando, ou um pelo encravado, que é uma foliculite (causa mais comum).

As acnes ou espinhas, podem ser causadas pelo exagero de cremes gordurosos nessa região, geralmente aqueles “anti estrias” que obstruem o folículo.

Já a foliculite pode ter várias causas, desde atrito de roupas justas, ficar muito tempo sentado, que também causa atrito, e irritação causada por lâminas de barbear ou depilação com cera.

Como prevenir

  1. Use roupas mais folgadas, evitando atrito
  2. Evite, quando possível, ficar sentado por muito tempo
  3. Evite usar cremes gordurosos
  4. Invista em técnicas de depilação definitiva nessa região, como laser, para evitar o uso de cera e lâmina frequentemente
  5. Esfolie a pele do bumbum uma vez ao dia, no banho, com movimentos circulares em todo o glúteo, usando uma bucha vegetal e um sabonete cremoso ou um creme esfoliante. (Caso exista inflamação, não esfolie, pois, além de machucar, você corre o risco de piorar o quadro).

Como tratar

É fundamental procurar a ajuda de um dermatologista para que seja possível saber qual a natureza do problema. Geralmente, o tratamento é feito à base de ácidos e antibióticos tópicos, que precisam ser prescritos por um médico.

Veja também:

Antes e depois: 15 fotos para criar coragem de mudar

10 aplicativos que toda mulher deveria ter no celular